12 janeiro 2011

Exercício prático da teoria que relaciona qualidade do post com número de comentários (estudo de caso nº 1)

Neste blog ninguém verá a conjugação de palavras "I'm a cat person", pode dar a impressão que sim, que sou, se vistes aquilo da história do drama familiar da família Jellicle podereis projectar-me como sendo o exemplar Rum Tum Tugger, é para isto que servem os blogs, isto em meu entender, claro, os blogs servem para que nos imaginem como Rum Tum Tugger, ninguém quer ser o Old Deuteronomy da blogosfera, claro que há os blogs da roupa da Zara e esse sim, são mesmo blogs de pessoas que compram roupa na Zara e resolvem fazer um blog disso mesmo, poderemos elencá-las nas que diriam "I'm a Indutex person" depois há os das músicas que fazem conjunto com o texto, as pessoas não sabem que ninguém carrega nas músicas, não há tempo, poderemos dizer que são as que nos comunicariam "I'm a "Pessoa que acha que vocês vão mesmo ouvir as minhas musiquinhas" Person"", espero que reparem nas duplas aspas, e finalmente, o espécime que é o meu actual guilty pleasure, o das pessoas que possuem blogs para nos dizerem que estão livres do jugo da sociedade, que aquele blog são elas, ali não há filtros, se estão tristes escrevem que estão tristes, se estão contentes escrevem que estão contentes, são estão maçadas escrevem que estão maçadas, what you see is what you get, aqui não há tons pastel nem nada, é a força bruta das emoções à flor da pele vertidas em palavras para nosso deleite, assim uma espécie de frincha do Bar 25 onde não é preciso meter moeda, são os "I'm a chatacumócaralho person".

6 comentários:

  1. Ahahahahahahahahahahahahahahahahahah



    Maaaaauuuuuuu!



    Ahahahahahahahahahahahahahahahahah

    ResponderEliminar
  2. Mulheres!!!
    ahah
    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Hahaha! Pipoco, este texto está fantástico e tão bem apanhado!

    ResponderEliminar
  4. Anónimo12.1.11

    Damn amazing!

    T.

    ResponderEliminar