24 dezembro 2010

Estava aqui...

...a ouvir a Rádio Comercial e apareceu uma senhora a desejar as boas festas e a mensagem acabou com "e agora toca a meter duas horas de música para animar a minha sessão de quimioterapia no IPO". Desfiz-me, que isto há alturas em que um homem tem que encostar à berma e desfazer-se com o que realmente conta.

19 comentários:

  1. Vinha a conduzir do trabalho para casa e ouvi o mesmo. Também me caíram as lágrimas (e eu que vivo com essas realidades todos os dias e hoje não será excepção já que sou enfermeira e estarei de serviço). Bem hajam essas lágrimas porque revelam a essência desse Homem que aí está. Um beijo grande e um dia cheio de esperança

    ResponderEliminar
  2. Peefectly, muito obrigado pelo que escreveu. boas festas para si também,

    ResponderEliminar
  3. (hoje não, cobardolas. Hoje levo a mal)

    ResponderEliminar
  4. Passamos mesmo, mesmo, mesmo ao ladinho, Pipoco... (e eu acho sempre mal que me façam chorar neste dia)

    ResponderEliminar
  5. É impossível ficar indiferente.

    Um bom Natal para o Pipoco.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo24.12.10

    Isto é porque não pensam nestas pessoas e situações durante o resto do ano!

    Se não passassem o ano a expor o que vestem, o que comem, o que bebem, o que lêem, o que querem para os anos, a que museus e países vesitam, enfim, se o mundo não girasse tanto à volta do vosso umbigo, chegariam à conclusão que esta é apenas mais uma pessoa que hoje está a fazer quimio. Nos vossos blogs certamente que não mostram muita preocupação com aquilo que passa fora da vossa esfera privada, excluindo alguma política e futebóis.

    E a quantidade de pessoas que vão passar o Natal acamadas e/ou sozinhas. "Ah, não me digam! Nunca tinham pensado nisso?!"

    Cambada de hipócritas fúteis, é o que são.

    ResponderEliminar
  7. Anónima, isto e só um blog e nem sequer é um bom blog. Há vida para além dos blogs, sou eu quem lho diz. Tenha umaa festas felizes.

    ResponderEliminar
  8. Mr. Popcorn, tenha um excelente Natal e abrace-os a todos ainda com mais força.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo24.12.10

    Gostei mais do post anterior, por isso é que o comentei...
    Sim, existem pessoas a morrer todos os dias, mas nesta época as pessoas estão mais sensíveis...
    Este ano, apesar de ser um Natal diferente, festejei o Natal a fazer voluntariado.
    Porque é que o Pipoco acha que o comentário rancoroso acima é de uma anónima e não de um anónimo?

    ResponderEliminar
  10. É, realmente, difícil ficar indiferente a tudo o que se passa de menos bom à nossa volta, especialmente neste dia. Gostei muito de ler este post. Um beijinho e um Natal Feliz.

    ResponderEliminar
  11. Mais uma vez, desejo-lhe um Natal sereno junto dos que lhe são queridos.
    Um grande abraço

    ResponderEliminar
  12. A realidade é que o Natal é uma vez por ano e sessões de quimioterapia são diárias e a quase todas as horas. Triste é as pessoas só se lembrarem disso nas épocas festivas.
    Feliz Natal Pipoco

    ResponderEliminar
  13. Sem Perfil.24.12.10

    Não percebo por que não publicou o meu comentário. Aquele "cobardolas" era para mim?
    Foi a primeira vez que comentei o seu blog. Também eu faço quimioterapia. Irrita-me que se aproveitem da minha doença para se pavonearem desta maneira e depois, quando me expresso, chamam-me cobardolas. Olhe, assim se revela a sua essência.

    Continue por aí, com as suas lágrimas. Espero que nunca venha a perceber a que sabem pelos mesmos motivos que eu sei.

    ResponderEliminar
  14. Anónimo24.12.10

    Da suposta anónima:

    Já vi que anda por aí outro anónimo/a a comentar. Eu até nem ia comentar mas depois de ter lido "vesitar" tive que o fazer pois ainda fico com má fama.

    Ele/a também reparou que você acha que o anónimo é uma anónima. Não tenha tantas certezas.

    Bom natal.

    Quanto ao assunto do post, respeito muito e há coisas com que não se brinca, obrigado pelo recado

    ResponderEliminar
  15. Anónimo24.12.10

    É óbvio que existem aqui muitos anónimos a comentar e parece-me que são todos pessoas diferentes.
    Como é que alguém pode ficar com "má fama", como anónimo?

    ResponderEliminar
  16. Santa (paciência)24.12.10

    Eu sou o Pai Natal e não admito má onda neste dia.
    Portem-se bem ou o sapatinho fica vazio!

    ResponderEliminar
  17. Feliz Natal, Sr. Pipoco

    ResponderEliminar