03 setembro 2010

Dos posts que costumam irritar as leitoras em geral

Não sei se é deste ar vitaminado que teima em não me abandonar, não sei se será do cabelo mais comprido que faz um contraste pefeito com a tez mais morena, não sei se será destes fatos novos dois tamanhos abaixo do que usava há três meses e que tive que adquirir em virtude dos dez quilos que ficaram algures no jogging das seis e meia da manhã, não sei se será da camisa branca com dois botões desapertados que ainda dispensa a gravata italiana, não sei se será desta adrenalina que é decidir coisas em tempo real, a verdade é que me parece que as mulheres interessantes com quem me vou cruzando me sorriem mais, se preocupam mais com o meu bem-estar e têm tempos mais alargados de exposição dos generosos decotes quando se debruçam à minha frente para explicar detalhadamente os assuntos que carecem da minha atenção.

26 comentários:

  1. costumam, corrige, senão pegam nisso também.

    ResponderEliminar
  2. sabes que sempre te achei um homem com mania. tu sabes porque um dia comentei um post qualquer. pois, e depois deste tempo todo continuo achar o mesmo. era giro melhorar nesse aspecto também.

    ResponderEliminar
  3. E não ficas lixado por teres de perder 10kg para que te espetem com os decotes por debaixo do nariz? Eu ficava.

    ResponderEliminar
  4. Um homem assim merece bem os decotes com que é presenteado...tomara eu poder exibir o meu decote assim, mas a farda impede...

    ResponderEliminar
  5. Ao ler este post, lembrei-me de um filme com o Clooney, que não me recordo o nome, merda!!!

    E é essa a imagem que tenho sua!!!

    ResponderEliminar
  6. Vou mudar, Mulher Certa. Por si, eu mudo.


    (e sim, se há pessoa de quem eu registe as opiniões, essa pessoa é você)

    (aliás, lembro-me como se fosse hoje das suas palavras, aquelas em que me considerava um tipo com a mania)

    ResponderEliminar
  7. Anouc, fico. A sério que fico, até se me dá os nervos.

    ResponderEliminar
  8. Ai o Google...
    "Amor sem Escalas"

    Sinopse: Pago para viajar pelos Estados Unidos despedindo funcionários de empresas
    em crise, Ryan Bingham sempre se contentou com um estilo de vida desapegado, passado em meio a aeroportos, hotéis e carros alugados. Ele consegue carregar tudo o que precisa em uma mala de mão, é membro de elite de todos os programas de fidelidade existentes e está próximo de atingir 10 milhões de milhas voadas.

    Mas quando o chefe de Ryan, inspirado por uma eficiente e novata funcionária, ameaça mantê-lo permanentemente na sede da empresa, ele se vê entre a perspectiva – ao mesmo tempo aterrorizante e agradável – de ficar em terra firme, contemplando o que realmente pode significar ter um lar.

    E é só isto! :)

    ResponderEliminar
  9. reality is overrated.

    ResponderEliminar
  10. "Gaba-te cesto, para ver se vais à vindima".

    ResponderEliminar
  11. O Pipoco ainda não respondeu ao comentário em que o comparam ao Clooney, dizendo que é muito melhor que o Clooney e que o Clooney de certeza que não tem tanta qualidades de decotes a demorar-se à sua frente? Parece impossível.

    ResponderEliminar
  12. Anónimo3.9.10

    Pesunção e água benta...

    ResponderEliminar
  13. marta3.9.10

    Algo me diz que este post é cada de irritar mais os leitores que as leitoras.

    ResponderEliminar
  14. E a barba, é de três dias?

    ResponderEliminar
  15. Podia ser, simplesmente, do magnetismo natural.
    Mas se há uma camisa branca pelo meio...

    ResponderEliminar
  16. Fico sempre contente com estes posts porque, de certa forma, fazem-me sentir menos egomaníaca.

    ResponderEliminar
  17. Sejas ou não um egosexual a verdade é que já levas 17 comentários, o resto é conversa (o da Pólo, se me permitem, TOP :D ).

    Da minha parte a única vez que te achei com a mania foi quando embirraste com os "standards", via Bublé. Sabes lá tu o que é bom, para lá da óbvia qualidade musical da banda, ainda que não seja um Sinatra. É que para lá disso não me recordo de nenhum concerto mais carregado de mulheres aparentemente interessantes (para o meu gosto) que esse. Lá estarei, quando cá vier, e quando as vir passar ainda me vou rir recordando o teu desprezo pelos standards ;)

    ResponderEliminar
  18. Meu caro Capitão, estando eu fora do mercado, posso focar-me apenas na qualidade musical do artista (embora a baixa qualidade não seja factor eliminatório, vide os concertos a que assisti no mês de Agosto, embora aqui possa alegar que estava de férias)

    (Dezanove comentários, meu caro ...)

    ResponderEliminar
  19. (Eu podia comentar isto, pá. Eu tenho para aí umas duas semanas de crédito... Podia... Mas por onde começar? Pelo George Clooney? Pelos decotes? Por onde, senhores? Pelo Bublé? Pelas corridas às 6.30? Bolas, é um manancial. Começando no posts, passando para os comentários e subsequentes respostas... É isso... É melhor não comentar... Sento-me em cima das mãozinhas e resisto. Eu sei que sou capaz...)

    ResponderEliminar
  20. Anónimo3.9.10

    Quando Deus distribuiu a modéstia, o moço estava no fim da fila, com um cestinho roto :)

    ResponderEliminar
  21. Mente, eu comentava...

    (são mal empregadas, as suas mãozinhas paradas)

    ResponderEliminar
  22. Deixe estar, Sr. Pipoco... Comente o senhor que tem mais jeito...

    (Que é que será que ele quis dizer com aquilo das mãozinhas? seria uma mensagem subliminar de nível 14?)

    ResponderEliminar
  23. (24, 24 comentários)

    Fora do mercado? Oh homem, isso nem parece teu. Podes estar fora do mercado mas ter olhinhos, pelo menos. Mas se não vês qualidade musical na magnífica banda e estilo musical isso não tem discussão, é demasiado subjectivo e eu não estou aqui para te fazer chegar aos 40 comentários neste texto, para isso estão cá as leitoras com os seus ditados engraçados (o do cesto é quase tão bom como o da Pólo)

    ResponderEliminar
  24. (25)
    Oh... eu diria que é da sua boca. A maneira como descreve a sua vida pode levar a pensar numa conta bancária simpática e isso pode levar muitas mulheres a mostrar decotes e algo mais.
    E sim... os 10kg a menos ajudam. É lixado não é?

    ResponderEliminar
  25. O comentário do "cestinho roto" tem uma mensagem subliminar. Roto, Pipocão??? Eh lá... (semblante preocupado)

    ResponderEliminar