17 agosto 2010

Pipoco on tour III

Informam-me que o filho de Baco se chamava Luso. Francamente, não sei o que pensar disto.

12 comentários:

  1. Anónimo17.8.10

    E era sócio do Benfica. Obviamente. A mitologia afinal não o é assim tanto.

    ResponderEliminar
  2. Ah, isso são histórias do Camões para tentar divinizar a origem de Portugal.

    Não deixes que ele venha outra vez com a história dos 1500m mariposa para salvar um manuscrito, que quando começa com essa é uma seca...

    ResponderEliminar
  3. Luso, olha que porra. Só beberia dos lábios do pai, está visto.

    ResponderEliminar
  4. Dúvida existencial: afinal o blog é do Pipoco?

    É que aqui há uns dias fui chamada à atenção porque o Pipoco doesn't live here anymore... O autor deu a entender até que eu teria falta de memória...

    Ou será que o Pipoco está on tour e o TAFKA está a fazer a cobertura do evento?

    ResponderEliminar
  5. E para ajudar à festa, um diário da nossa praça confirma "Macieira resiste à crise e ao encerramento de fábricas". Contra factos...

    ResponderEliminar
  6. Então e uma foto de um belo chardonnay a competir taco a taco com uma garrafinha de água perrier?
    Já se estranha a falta de fotos no seu espaço...

    ResponderEliminar
  7. Eu acho que explica muita coisa...

    ResponderEliminar
  8. O que pensar??? que os filhos não fazem as mesmas merdas que os pais...

    ResponderEliminar
  9. Que no melhor pano cai a nódoa?

    ResponderEliminar
  10. Que descoberta... É um bocadinho paradoxal, não?

    ResponderEliminar
  11. Ouvi dizer que era o "companheiro", futricas dos motores de busca ;)

    ResponderEliminar
  12. Deve dizer-se Dionísio e não Baco. Mitologia romana é o equivalente a malas da candonga.

    ResponderEliminar