30 julho 2010

Tal como eu digo sempre, ser bonzinho compensa.

Ajudei-a a preparar a tese de doutoramento, corrigi-lhe a sintaxe e os erros de ortografia, dei-lhe novas pistas de investigação.

Hoje ela convidou-me para almoçar no Eleven e apresentou-se com um decote generoso,apropriado às circunstâncias.

16 comentários:

  1. é a chamada lei da compensação =)

    ResponderEliminar
  2. Por isso é que eu faço as minhas teses sozinha.

    ResponderEliminar
  3. Se já estavas a contar com a compensação, não foste bonzinho, foste malandrinho. Ou malandreco.

    ResponderEliminar
  4. Mamas doutoradas?

    É sempre bom tê-las mais qualificadas!

    ResponderEliminar
  5. Ora aí está mais um "problema (sobretudo) dos homens" - como podes sugerir que existe uma relação de dependência entre ambos os factos? Exemplo clássico: nascem mais bebés onde existem mais cegonhas mas sabemos que os bebés não aparecem por acção das cegonhas. Certo?

    ResponderEliminar
  6. detecto um ligeiro travo a machismo de trazer por casa. até parece conversa de benfiquista.

    ResponderEliminar
  7. Já dizia Kant que o dever moral nos torna dignos da felicidade. E eis que o Pipico acaba de comprová-lo.

    ResponderEliminar
  8. Como?
    Tese de Doutoramento
    Correcção de erros ortográficos
    Almoço com mamas de fora?

    Ui!
    Isso vai aí uma confusão medonha.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo30.7.10

    Cada vez que aqui venho volto a sair porque penso que me enganei...
    Susana

    ResponderEliminar
  10. Anónimo30.7.10

    Queres ver que ele tá a treinar para Bárbaro Cartlando, queres ver?

    Maria S

    ResponderEliminar
  11. ahahah

    Que bela troca.

    ResponderEliminar
  12. As palavras tese de doutoramento e erros ortográficos na mesma frase causam-me arrepios. Valham-lhes ao menos as mamas.

    ResponderEliminar
  13. Na! Na! Na! Compensaria se fosse no Nobu. Agora o Eleven... não vale metade do que custa.

    ResponderEliminar
  14. O Eleven só tem uma boa vista, mais nada.

    ResponderEliminar