16 junho 2010

Pipoco em modo previsível

Toda a gente sabe que este blog é o resultado de uma aposta perdida, do efeito do quarto gin tónico, é sempre o quarto gin tónico o da perdição.

E vós, que história há por detrás do vosso blog?

56 comentários:

  1. Eu ao 4º gin tónico decidi..perdidamente..que era melhor não ter blog..A história é curta.

    ResponderEliminar
  2. Muito simples, basta reparar no nome do meu: "Também quero um blog"

    Foi só

    ResponderEliminar
  3. Tédio monumental e ausência de pessoas com capacidade de ter uma conversa por mais básica que seja!

    ResponderEliminar
  4. Caso clinico rejeitado pelos psicólogos e como tal foi a alternativa que estava à mão. É terapia, portanto.

    ResponderEliminar
  5. Ao 4º gin tónico senti que tinha devaneios a mais mesmo considerando todos os amigos disponíveis para me ouvir.

    ResponderEliminar
  6. Era criar um blog ou habilitar-me a perder os cinco amigos que tenho...

    ResponderEliminar
  7. Tempo a mais em mãos...

    ResponderEliminar
  8. Anónimo16.6.10

    Eu, como não tenho blog, venho previsivelmente (em modo previsível, portanto) dizer que este post é apenas uma variante de "e vocês, o que pensam disto?" ou "qual é a vossa opinião?".
    No entanto, dependendo dos comentários, tem potencial para tornar-se um post interessante!

    Maria

    ResponderEliminar
  9. Eu criei o meu blog para desafar porque andava a dar am maluca com a minha colega de casa e como também trabalhavamos juntas não podia falar o que queria pois ficava sempre como a má da fita. Um blog para não enlouquecer :D

    ResponderEliminar
  10. Maria, escapa-me em absoluto o intrincado processo mental que a levou a concluir que este post é uma variante do "e vocês?..."

    ResponderEliminar
  11. Anónimo16.6.10

    OHHHH!
    Tão querido Pipoco! Que elogio para mim que sou tão, mas tão básica!
    Obrigada! Valia a pena! Vou passar o resto da tarde aos pulinhos e a pensar: O Pipoco respondeu-me! IUPI

    Maria

    ResponderEliminar
  12. Maria, percebo perfeitamente a taquicardia, se o Pipoco me respondesse, eu também ficaria com o coração aos pulos.

    (vá, sem stress, não há básicos aqui)

    ResponderEliminar
  13. Manter o que me resta da minha sanidade mental!

    ResponderEliminar
  14. Adoro escrever, deixar a imaginação fluir através das palavras, simples!

    ResponderEliminar
  15. Agora deu-me uma vontade incrível de postar aqui um link para o meu blog, porque aquilo que me levou a escrever está "escarrapachadinho" no meu primeiro post...
    Mas não o vou fazer porque é feio... é publicidade descarada!
    Eu escrevo porque gosto, sempre gostei e desde a faculdade que não o fazia. Comecei por ler e comentar outros blogs, e depois decidi que também queria ter um blog para partilhar os meus pensamentos, as minhas "baboseiras". Agora é um vício e uma terapia. Escrevo sobre tudo e mais alguma coisa, sobre tudo o que me vem à cabeça, sobre mim, sobre os outros, sobre a vida, sobre coisas importantes e sobre tretas de nada. Porque gosto, só isso.

    ResponderEliminar
  16. A história que está por trás do meu é que eu trabalhava em casa, trabalhava poucas horas e ganhava bem (para primeiro emprego, pelo menos) e tinha um gajo que me andava a dar cabo da cabeça (não se iludam, estamos cá todos para dar cabo na cabeça uns dos outros) e entre beber o 4º James Martins 30anos (não aprecio muito gin tónico) e criar um blog, pareceu-me que o blog me daria uma embriaguez mais duradoura.

    ResponderEliminar
  17. O cenário era perfeito. O luar incidia na varanda e o barulho do mar lá ao fundo lembrava que bastavam segundos para sentir nos pés a sensação da areia fina e irregular.

    Ela estava vestida de forma simples, mas ainda assim deslumbrante. É uma mistura rara digna de quem não precisa de se esforçar para ser pura e simplesmente aquilo que é - fora de série.

    A mesa, informal e intimista, com a garrafa de vinho aberta, indicava que não era um evento de gala, mas sim um daqueles momentos intemporais que vivem para sempre.

    Era por isso incompreensível que ela o estivesse a experienciar sozinha.

    A não ser que lhe tivesse acontecido alguma coisa. Ligou-lhe, tentando não demonstrar irritação e transparecendo ainda uma sincera preocupação
    "Porque é que ainda não estás aqui. Aconteceu alguma coisa?"

    "Eeeehrr...Achas O bom, o mau e o vilão um bom nome para um blog?"

    Ouviu-se apenas o mar e o barulho de uma garrafa de vinho a partir-se.


    Serve esta versão ou tiro outra do saco?

    ResponderEliminar
  18. Pensava que ia começar uma nova fase: fim de curso, cidade nova, vida a 2... mas enfim... não foi bem assim...

    ResponderEliminar
  19. Um pouco de tudo!!!!
    Foi iniciado como uma forma de psicoterapia em 2009, depois esteve em stand-by.Em Abril deste ano voltou pela minha pretensa vontade de dissertar sobre qualquer coisa....mas de vez em quando vou abordando o que me levou a fazer psicoterapia.
    E já tem seis seguidores que vão lendo o que para lá ponho!!!!
    Se quiserem espreitar
    inesesp.blogspot.com

    ResponderEliminar
  20. O meu blogue foi parido pela noite em que o mundo se virou de patas para o ar. Houve fecundação entre a Pipoca e os Saltos Altos e no dia seguinte acordei com o choro do pasquim, ranhoso...e vi que tinha que lhe mudar a fralda. Já não chora pela mãe e está quase em idade de ir para a tropa. Há muito que não se lhe ouve o choro e que assim continue.

    ResponderEliminar
  21. (uma nota para Mak, o Mau, caramba, vale a pena um gajo ter um blog só para ter este tipo de interacção inteligente e completamente na linha da bandalheira que é este blog. Um bem-haja, meu caro.)

    ResponderEliminar
  22. O meu blog surgiu porque, tenho a mania...lol
    Mas juro que sou porreira!!Basta passares por lá e vês que seria um desperdício o blog não existir!!
    :)

    ResponderEliminar
  23. Oh, Pipoco, que creme usa para as rugas?

    ResponderEliminar
  24. O nosso foi inspirado na nossa rua, nos nossos vizinhos tao especiais... mas principlamente por causa da apariçao de um vizinho, em cuecas... armani. Sim o nosso vizinho veste armani e nós vimos. é o que da ser vizinho :)

    inteligentemente bom o teu blog*

    ResponderEliminar
  25. Não conto! Nem que o pipoco me pagasse quatro gin´s... e se eu gosto de gin... tónico!

    ResponderEliminar
  26. Numa animada conversa sobre linguística, quando estava na faculdade, um colega e eu decidimos escrever um dia um livro juntos. Eu avancei com o título e ele fez-me o blogue!;)

    ResponderEliminar
  27. Eu perdi cinco apostas! Vê lá tu a falta de sorte.

    ResponderEliminar
  28. Anónimo16.6.10

    Pipoco,
    Ando a preparar um mail para te enviar, mas como infelizmente tenho tido pouco tempo, vou sempre adiando.....(prometo que vou enviar).
    Continua a escrever e a beber gin tónico que eu, e muitas mais, gostam de te ver por cá....

    No outro "lado deste blog", imagino uma pessoa que conheço....será?!?!

    Um beijo e outras demonstrações de cariño....

    ResponderEliminar
  29. Foi a resposta a um gajo que, mesmo comigo armada com Chirucas ( google it), achou que me fazia cair sobre um monte de estilha de pinheiro só para depois me obrigar a cair de saltos altos sobre uma carpete.

    Isso e tentar encontrar encanto na profissão menos glamorosa do mundo e arredores.

    ResponderEliminar
  30. Forester, não precisei de googlar. As minhas botas de montanha também são Chiruca.

    ResponderEliminar
  31. Sempre pensei que aqui não se perguntava o que nós achamos de disto ou aquilo (post do Pipoco anterior)
    ;)

    Quanto à história do blog, tive um antes deste quando estava a fazer Erasmus. Voltei, o blog deixou de fazer sentido, fechei.
    Em 2008 decidi fazer um "geral" para falar de tudo...e de nada...tudo ao mesmo tempo!

    ResponderEliminar
  32. Ali num coffeshop, em Entrecampos,não ao 4º gintónico, mas sim ao 2ºginger ale( pr mim) e ao 3º cigarro( para ela. Duas amigas algarvias, num ritual de todos os meses, a falarem dos gostos e desgostos, de algumas futilidades, leituras, faculdade e as queixas habituais do complexo sexo masculino.E o ritual virou blog... Um mix de ideias e opiniões de duas raparigas do sul a estudar na capital.

    www.lyricsless.blogspot.com

    ResponderEliminar
  33. Andei mais de um ano só a comentar os Blogues que seguia, não tinha blogue, nem tal coisa me passava pela cabeça. Os meus comentários eram os meus Post.

    Até que um dia o Paulo Lontro do Lontrices http://lontrices.blogspot.com/)
    me mandou um mail a perguntar se eu iria continuar a ser só treinadora de bancada.
    De todos, foi o único que quis que houvesse mais um Blog nesta Bloguosfera.O único verdadeiro altruísta.
    Tanto me chateou que acabei por "abrir mais um Blog" apesar de continuar a achar que até gosto e me safo melhor como treinadora de bancada.

    Cadês
    Almofariza

    ResponderEliminar
  34. Inventei uma personagem, escolhi um nome parvo, e enfio coisas completamente inventadas lá dentro.

    ResponderEliminar
  35. Ano da graça de 2008, o mês confesso que já nãomalembra, estava eu, melancólica, em frente a uma meia de leite e um pão com fiambre na confeitaria da terra, quando uma voz interior me sussurra: "Mulher, a tua vida dava uma musica do Toni Carreira, falta-te sarna para te coçares e ainda por cima riscarm-te o carro...
    e se fosse falar dessas merdas no ciber-espaço?"
    E se bem o pensei, assim o fiz.

    E é isto.

    ResponderEliminar
  36. Só li os outros comentários depois de publicar o meu.

    E só tenho uma coisa a dizer, já não é a primeira vez que o Mak faz comentários que bem podiam ser escritos por mim, mesmo eu não tendo pilinha.

    Não sei o que retirar disto.

    ResponderEliminar
  37. terapia intensiva. Nunca acreditei em psicologia e demais terapias!
    diagnostico: loucura crónica!

    ResponderEliminar
  38. Para me lembrar do que fiz ontem. Senão esqueço-me.

    ResponderEliminar
  39. O meu blog surgiu da necessidade de expandir a minha relação com a minha namorada além das quatro paredes. Vá, não pensem em coisas porcas! É um blog onde eu e ela partilhamos o nosso estilo de vida e os nossos gostos, com a particularidade de sermos um casal!

    ;)

    ResponderEliminar
  40. Quando era adolescente, tinha um diário (usava-se naqueles tempos!).
    Agora, decidi ter um blog, pelo mesmo motivo da WiWia - para me lembrar do que fiz ontem.

    ResponderEliminar
  41. O meu blog surgiu num dia de chuva. Só isso já devia ser uma boa razão. Mas dizia eu, surgiu num dia de chuva, em que o meu estado de aborrecimento tinha atingido os píncaros do que é aceitável. A televisão não oferecia nada de jeito, os meus filmes já os vi para cima de 50 vezes cada, assim como os livros. São livros de anos, de muitos momentos, e não tinha pachorra para ser intelectual naquele dia. Por isso, fui ler o ionline de uma ponta à outra, na esperança de ver o meu estado catatónico um bocadinho atenuado. Mais uma vez, o i achou que tinha que me desiludir, por isso fiz uma aposta comigo mesma: ter um blog de gaja. Falta-me, no entanto, o estofo necessário, por isso estou a perder pontos. Deixo o blog abandonado a maior parte das vezes, e desde que o criei, o cor-de-rosa tem vindo a diminuir consideravelmente.
    Posto isto, concluo que criei um blog por dois motivos: para brincar com os templates disponíveis e para ter uma lista diária de leitura mais à mão (ok, podia usar a barra de favoritos, mas tenho a mania de ser diferente).

    ResponderEliminar
  42. Eu sei que não queres ouvir a resposta porque li o teu post anterior :))

    Yashmeen

    ResponderEliminar
  43. Numa manhã de Inverno em que a mais completa prisão de ventre se abateu sobre o meu intestino grosso e em que a ideia de parir um tijolo pelo meu anel de saturno se tornava cada vez mais real, tive também um acesso de diarreia verbal em modo de compensação e criei um blogue.
    Naquela sanita eu sentei, chorei e criei.

    ResponderEliminar
  44. Era o blog, ou ir dormir a sesta.
    Como n gosto de dormir de dia, olha...

    ResponderEliminar
  45. Ora aí está uma pergunta interessante.
    A estória do meu blogue é a da amizade entre mulheres que se conhecem há, muito, muito, tempo e como a vida as foi separando geograficamente, decidiram criar um blogue em conjunto para dizer umas coisas umas às outras e a mais quem queira aparecer. Uma espécie de terapia de grupo sem mediador.

    ResponderEliminar
  46. bem dizia a minha avó: "se não tem nada de bom a dizer, é melhor ficar quieto"
    infelizmente, ela morreu antes de eu nascer.
    vai daí e comecei o blogue.


    (parêntese: comentário beirando o risco do esquecimento, nínguém tem paciência de ir até o 50º)

    ResponderEliminar
  47. Tolerante, eu li.

    (e tenho um post preparado para lhe dedicar, no day after)

    ResponderEliminar
  48. Aproveito para avisar que ando a ficar meia runchosa por o Pipoco nunca responder aos meus comentários...ai!!!

    ResponderEliminar
  49. (Cuca, respondo ao próximo...)

    ResponderEliminar
  50. Foi da bebedeira - o que se comprova com o título do meu blogue. Martini, para ser mais específica.

    ResponderEliminar
  51. Pois eu ainda estou à espera de um bom motivo para começar o meu... anyway, o meu comentário era mais para pedir ao Pipoco que nos conte melhor todos os pormenores sórdidos dessa aposta. Não precisa ser já, mas um dia, assim quando ninguém estiver a reparar... boa?

    ResponderEliminar
  52. O meu foi criado única e exclusivamente para desabafo pessoal. Sem intenção de vir a ser lido. Com escrita de mim para mim. Nasceu num dia mau, em que a vida estava de pernas para o ar (raio de vida que está outra vez na mesma) e é só um cantinho, nada mais. (Gosto tanto da vossa diplomacia sincera - entre gajos da blogosfera, aqueles que sabem escrever).

    ResponderEliminar