28 maio 2010

Da minha anónima #2

A amiga da minha anónima, meio a rir, contava-me que ela, a minha anónima, levanta-se cedinho só para ir ao tio Google perguntar se há alguém que, por curiosidade, manifeste algum interesse em saber a verdadeira identidade do Pipoco. Depois, e esta é a parte benfazeja da minha anónima, é aqui que eu quase me comovo, ainda há quem faça serviço público e esteja atento ao próximo, a minha anónima informa que eu sou um tipo na crise da meia-idade, com um emprego chato, feio, gordo e baixinho. Confere tudo, noto apenas que a minha anónima, certamente por falta de tempo, não informa sobre a minha condição de indivíduo com caspa, careca e com um órgão sexual extremamente diminuto. Eu acho uma ternura, em calhando estou capaz de premiar a minha anónima favorita com um link ali na coluna do lado que isto, não parecendo, eu também sei ser generoso e temos que ser uns para os outros.

9 comentários:

  1. As tuas anónimas são tão fofas, tão fofas que acho bem que as comeces a partilhar. Tornam um dia monótono num festival da canção.
    Bjs
    Crente

    ResponderEliminar
  2. Anónimo28.5.10

    "com um órgão sexual extremamente diminuto", é que não! Essa imagem acaba com qualquer fantasia de uma gaja. :(

    ResponderEliminar
  3. Anónimo28.5.10

    Dude... tu deves ser mas é um executivo sexy, arrogante e charmoso. Mtobrigada.

    ResponderEliminar
  4. A impressão que fica é que essa dedicada anónima já foi ou gostaria de ser comida (pela primeira vez ou novamente) comida pelo indivíduo alvo de tamanha dedicação.

    ResponderEliminar
  5. Olha e isto é o começo. Lá mais para a frente nem se dorme!

    ResponderEliminar
  6. com essa prosa delambida e volatil é que levas o mulherio à certa...
    deves ser fresco deves........

    ResponderEliminar
  7. executivo, check
    sexy, check
    arrogante, not
    charmoso, check

    [take it from me]

    ResponderEliminar
  8. Meia-idade, check
    Feio, not check
    Gordo, not check
    Baixinho, semi-check.

    Pelo menos da última vez que o vi...

    ResponderEliminar