20 abril 2010

Terça feira, dia de escolher um comentário extremamamente inteligente #4

São vinte e três horas e cinquenta e sete minutos, aposto o que quiserem que já estavam a pensar que o vosso Pipoco se tinha esquecido de que hoje é terça feira, dia de escolher um comentário extremamente inteligente, escolhido de entre as centenas de comentários publicados, sendo certo que seria muito mais estimulante que escolhesse de entre os milhares que são diariamente recusados, mas as regras do jogo são como são e a mim desagrada-me deveras alterar as regras do jogo.

O comentário extremamente inteligente de hoje é da Mulher Certa:

"Tu chegaste aqui com a mania. Pessoal com a mania já temos. Fica-te mal certas coisas. Os sapatos, por exemplo. E a arrogância. Eu tmb uso arrogância e a mania, mas não quero ser famosa como tu, nem durante um ano, nem menos que isso."

Na verdade, a grande maioria das pessoas que me conhece através deste pequeno fórum tem uma ideia absolutamente desprovida de aderência à realidade, que poderíamos resumir como “Pipoco tem um nível de arrogância claramente acima da média”. Ora, quem conhece a minha vastíssima obra blogosferística, que isto, não parecendo, são muitos anos a virar frangos, não validará esta ideia feita, toda a gente sabe que eu sou um indivíduo extremamente respeitador das convenções, amigo do seu amigo, respeito os meus superiores, jamais me ouvirão exprimir em contra-corrente com a opinião unânime dos demais, procuro as vantagens de ficar atrás das moitas e só sair de lá se me perguntarem qualquer coisa, mesmo assim, solicitando autorização para me exprimir, que é assim que devem ser feitas as coisas, maneiras que, Mulher Certa, agradeço-lhe deveras o seu comentário, até porque me dá esta fantástica oportunidade de expor uma outra visão da problemática, e logo aqui num espaço que, não desfazendo, tem uma vastíssima audiência.

Minha querida Mulher Certa, um Blog com estas características jamais pode levar alguém ao estrelato, está bem que o Blog é extraordinariamente bem escrito, com uma equilibrada dosagem de posts que são autênticos hinos à inteligência emocional, mesclados com outros que são uma homenagem à arte de encher chouriços, porém com uma inquestionável beleza estética, mas, acredite nas minhas palavras sempre sábias, isto dos blogs tem regras básicas para resultar ou não, eu conheço alguns truques (que em devido tempo partilhei), mas a verdade é que a coisa ou sai fluida, como me sai a mim, posts prontinhos em dois minutos, como este, ou então é uma trabalheira para fixar a atenção dos gentis leitores, quase todos como eu, pouco fiéis a blogs, um dia estão aqui e no mesmo dia estão a ler o blog das papoilas saltitantes, que mete umas coisas do youtube e umas imagens de meninos a chorar, tudo com uma banda sonora de Demis Roussos a entrar em automático, acaba com toda a gente maçada, o escriba porque ninguém lê aquilo, os exigentes leitores porque têm mais que fazer do que ler blogs. Este blog, sendo neste momento um estudo de caso a nível mundial, não tardará muito a ter que se habituar aos bocejos de quem lê, definhará e, num instante, só estaremos aqui nós os dois, eu a escrever e você a ler e a tentar descodificar a intrincada e complexa mensagem subliminar de cada linha, não tardará nada e terei que pôr isto a concorrer àquilo do programa dos blogs da Renascença, ou da Comercial, ou lá o que é, para me manter à tona deste fantástico mundo da blogosfera.

Por tudo isto, minha cara Mulher certa, não vislumbro onde foi buscar a ideia de que eu sou arrogante…

12 comentários:

  1. Comentário parvo. Mas diga-se de passagem, não foi o primeiro. :|


    Da senhora, entenda-se.

    ResponderEliminar
  2. Risos... risos...

    Não resisto em comentar!
    Eu na minha ingenuidade, pensava que "coisas" estranhas se passavam só no meu blog! Que tinha algum íman... Ufaaaaa!! Mais tranquila! Muito mais... risos!!

    :D

    ResponderEliminar
  3. Anónimo21.4.10

    Tendencialmente acho que as pessoas vêm implicar para a internet. Deveria de ser uma distracção saudável.
    Descarregam aqui as suas "raticices" da vida real e aqui sim são os maiores .
    Não é a tôa que arranjam avatares para se disfarçarem ... e dizerem baboseiras ...
    As mulheres escondem os seus defeitos físicos ( como se isso interessasse alguma coisa )e deixam sair o mau génio ...

    Nós não queremos ser incomodados por taradas virtuais !

    ResponderEliminar
  4. Parei de ler no Demis Roussos. Mexe-me com os nervos. Havia coisas giras depois disso?

    Ponto 1: eu conheço o Pipoco há alguns anos blogosféricos (que é quase o mesmo que "anos de cão" - equivale a muitos mais do que a realidade leva a crer) e este arzinho pedante de "ah, música clássica, botões de punho e fatos Zegna" é mesmo assim, não é de hoje.
    Ponto 2: é um indivíduo respeitador e amigo do seu amigo, como o próprio alega.
    Ponto 3: acho que estão a ser duros com o comentário da "Mulher certa" que tentou apenas (a meu ver) ter graça, com um ou outro laivo de ironia. Não conseguiu, pronto, mas tentou.

    ResponderEliminar
  5. Não consegui? Pronto. Vou deixar o humor de Portugal, não sou respeitada depois de anos e anos a virar frangos. Do humor, claro.

    Agradeço o esclarecimento. Foi bom.

    E graças a este texto recebi o meu primeiro comentário anónimo. Um mimo. :)

    ResponderEliminar
  6. Caro Dr. Pipoco:
    Gostava que o meu blog fosse muito famoso e passasse na Rádio Comercial (programa que puço religiosamente).
    O que fazer?

    ResponderEliminar
  7. Oh, és tão humilde Pipoco. Estou aqui com os olhos marejados de lágrimas. :'(

    Meu Pipoquinho de Calcutá...

    ResponderEliminar
  8. Qual é o estigma da rubrica da Comercial?
    O meu blog deu um programa de rádio no ano passado. So what?

    ResponderEliminar
  9. fatos às riscas, musica classica, neve, sporting, charutos, livros que não lembra ao diabo, mulheres cultas e diferenças pagas a mulheres cultas que não têm dinheiro suficiente para comprar sapatos com sola vermelha em Paris...
    uiiii
    isso vem de loooooogeeeee...

    agora, a verdade é uma, isto agora tem seguidores que é uma coisa sem jeito!!!

    nunca antes visto.

    Quanto a mim, só queria um post com parêntesis, muitos parêntesis.
    Isso e um mísero link, já agora.
    (Podia ser a minha derradeira independência e o meu blog ia ser um sucesso e já me estou a ver a vender livros e muitos livros, edições atrás de edições de livros e eu a gastar tudo o que é dinheiro dos direitos de autor em tanta coisa, que até comprava edições limitadas de discos em vinil, para oferecer ao pipoco…)

    ResponderEliminar
  10. nada que fazer21.4.10

    Estou aqui a tentar descodificar a intrincada e complexa mensagem subliminar da palavra "extremamamente"

    ResponderEliminar
  11. Ao menos o meu comentário foi giro, inteligente e giro! Está a ver? Spé bem.

    ResponderEliminar